Palavra de Deus - Icém Caraúbas Palavra de Deus - Icém Caraúbas
" });
  • ULTIMAS

    Palavra de Deus



    terça-feira, 1 de abril de 2014



    A oração do pai nosso parte 6: “Perdoa nossas ofensas, assim a quem nos tem ofendido”


    O teste de fogo! Chegamos ao ponto crucial do ensinamento de Jesus sobre esse assunto. Essa é a maior prova de que realmente temos assumido a filiação e reino de Deus nas nossas vidas, isso vai além de meras palavras ou de uma leitura sem nenhum valor é algo que é exigido do mais profundo do nosso ser, e que é impossível conseguirmos por uma maquiagem e conseguir enganar a Deus, nem que seja por um minuto só.

    Talvez você pergunte: O que é tão grave nessas palavras que eu não consigo fazer? Ora, pedir perdão a Deus e os outros é relativamente fácil, mas, e perdoar? Qual a nossa reação quando alguém inescrupulosamente nos ofende mesmo quando não fazemos nada para merecer tamanho agravo? Ora, separa muitas pessoas é extremamente difícil pedir perdão, quanto mais perdoar.

    É comum vermos pessoas usarem o argumento que diz que realmente errou, mas, não pedi perdão porque o outro errou primeiro. Ora, ora minha gente, isso nada mais é, do que orgulho excessivo e maléfico que não permite consertar as coisas da maneira correta, por isso mesmo, que Jesus nos coloca nesse teste de fogo e só conseguimos passar por ele se realmente compreendermos que o que Deus fez por nós é infinitamente maior do que o perdão que temos que liberar para o outro.

    A bíblia nos diz que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores (Romanos 5:08), isso é, quando nós vivíamos longe de Deus e passíveis das consequências desastrosas e eternas que o pecado nos outorga. Foi nessas condições quando nós não mostrávamos nenhum sinal de arrependimento foi que Cristo morreu por nós. Agora chegou a nossa vez de liberarmos o perdão. E esse assunto é tratado por Jesus com singular importância, porque Jesus nos mostra que perdão, produz perdão. Sim, isso mesmo, chegamos a um patamar seríssimo em que somos postos contra a parede, e o Senhor não nos dar outra alternativa. Ele diz: perdoa nossas ofensas, assim como nós temos perdoado a quem nos tem ofendido, mas, e se eu não tiver perdoado? Como pois, pedir-lhe perdão e ser aceito?

    Perdoar nunca foi tarefa fácil, chega até ser quase impossível em algumas circunstância. Entretanto não há outra maneira de sermos perdoado, temos que perdoar. Porque é isso que o pai e seu reino determina. Talvez você seja mais um dos que não conseguiu perdoar. Talvez você viva consumido pelo ódio e ressentimento e a paz lhe falte no coração.

    Permita-lhe dizer-te algo, Só a graça de Deus que é derramada nos corações dos que são verdadeiramente filhos de Deus é capaz de fazer alguém liberar perdão genuíno, e liberta de tantos sofrimentos.

    Por: Ev. João Bosco de Lima
    Cidade de Pouso Alegre - MG
    Celular: (04135) 9216- 9735- Tim (02135) 8405-0204 - Claro

    Nenhum comentário: 
    Voltar para o site Icém Caraúbas Clique Aqui


    domingo, 23 de março de 2014



    A oração do pai nosso parte 5: “O pão nosso de cada dia”



    Depois de compreendermos nossa real condição em relação a Deus, e estreitarmos nossa relação com ele através da submissão a sua santa vontade, agora começamos a depender de Deus até nas coisas mais simples da vida. 

    Com a frase o pão nosso de cada dia, Jesus não está querendo dizer que não podemos fazer a feira do mês, nem que devemos todo dia ir ao mercado, comprar o necessário para o alimento do dia. (Se você tem tempo para isso, não tem nenhum problema), mas, o que Jesus quer dizer é que nossa relação com Deus deve começar desde as coisas mais simples de nossas vidas. Por quê? Primeiro porque esse é um desejo de Deus, aliás, sempre foi (em Gênesis 3:08) nos diz que Deus ia encontra-se com o primeiro casal todos os dias na viração do dia. Foi pra isso que Deus nos fez, para estarmos constantemente em sua presença. 

    Segundo porque é uma necessidade nossa. A nossa alma almeja pela presença do Senhor (Salmo 42:01) e esse ato de orar expressa o mais sublime desejo de estar com Deus e mostrar o quanto nós dependemos dele, e o quanto ele é importante para nossas vidas. Quando nos comportamos assim, (e isso se fizermos com coração sincero), temos da parte do Senhor além de sua providência no tocante ao pão, a vestimenta e demais coisas do cotidiano. 

    Temos o prazer da gloriosa presença de Deus em nossas vidas e é essa presença maravilhosa que nos faz entender que com pão ou sem pão, doente ou curado, alegre ou triste, vivo ou morto ele continua sendo pai, Deus e rei da nossa vida e que é maravilhoso, justo, bondoso, santo, digno de honra, glória e louvou para todo sempre. 

    O pão para alimento, a saúde e disposição para trabalhar e até a própria vida vem de Deus. Por isso, que agora vemos que a oração do pai nosso nos ensina verdadeiramente a depender de Deus em todas as áreas de nossas vidas. 

    Por: Ev. João Bosco de Lima
    Cidade de Pouso Alegre - MG
    Celular: (04135) 9216- 9735- Tim (02135) 8405-0204 - Claro


    sexta-feira, 21 de março de 2014



    A oração do pai nosso parte 4: “Seja feita sua vontade assim na terra como no céu”



    Chegamos a parte mais emocionante destas primeiras considerações, aqui as coisas realmente estão postas no seu lugar. O Senhor reconhecido como pai, Deus e rei e nós no nosso lugar de filho, criatura e servo.

    Muita gente tem dificuldade de entender isso pois oram como se Deus fosse seu escravo ou um fantoche que está atento às nossas ordens a qualquer momento. Agora a aproximação entre Deus e o homem está se acertando pois, homem finalmente reconhece seu lugar e é isso que chama a atenção do Senhor e faz com ele nos seja favorável. Bem, vamos as considerações da frase:

    Quando dizemos para Ele seja feita a sua vontade estamos reconhecendo que Deus sabe o que é melhor para nossas vidas. Por isso não ficaremos desapontados se ele não quiser atender as nossas orações pois como o Senhor sabe o que é melhor para cada um de nós. 


    A segunda coisa é que a vontade de Deus mesmo que não seja a minha ele deve prevalecer e é isso que mostra a nossa submissão a Ele quando lhe aceitamos a vontade em nossas vidas. Essa vontade deve ser entendida a partir da segunda frase, “Assim na terra como no céu”. Você já parou para pensar que a vontade de Deus não é questionada no céu entre seus anjos? Quem somos nós para questionar a vontade do Senhor. O próprio Jesus não questionou a vontade do pai quando orou no getsêmane ele disse seja feita sua vontade e não a minha (Mateus 26:39). 

    Essa é a marca de quem realmente é filho de Deus, faz parte do seu reino e lhe obedece a vontade. Depois de entendido tudo isso notamos que há agora intimidade entre o Senhor e o homem e que essa sintonia permite a continuação da oração e é o que vamos ver a partir de amanhã. 

    Deus em Cristo Jesus abençoe a todos.

    Por: Ev. João Bosco de Lima
    Cidade de Pouso Alegre - MG
    Celular: (04135) 9216- 9735- Tim (02135) 8405-0204 - Claro

    Voltar para o site Icém Caraúbas Clique Aqui

    quinta-feira, 20 de março de 2014



    A oração do pai nosso parte 3: “venha o teu reino”


    Chegamos a terceira consideração de jesus a respeito daquele a quem se está orando. Primeiro O vemos como pai, depois O vemos como Deus e agora é ele apresentado como rei. Ora se há um rei é evidente que também há um, reino e todo reino é regido por leis e é composto de “escravos e livres”, “senhor e escravos”. Porém há algo fantástico nesse reino; é o único reino que os escravos são servos de livre e espontânea vontade.

    Talvez você esteja perguntando: Como pode ser isso? Ora, antes de conhecer a Jesus o homem é simplesmente escravo do pecado (João 8:34) e quando ele aceita a Jesus então é liberto (João 8:32). Porém, ele se torna escravo de Cristo e isso pro livre e espontânea vontade.


    Em Êxodo 21:01-06 está escrito sobre essa lei que quando um escravo recebia sua alforria e quisesse continuar com seu senhor então sua orelha era furada e ele se tornava seu escravo para sempre. Era disso que falava o salmista quando disse: Sacrifícios e oferta não quiseste mas, furaste minhas orelhas (Salmo 40:06ª), com isso, vemos que a inserção de alguém no reino começa quando a pessoa aceita a Jesus como salvador, mas, não somente isso, quando aceita o senhorio de Cristo na sua vida. Isso implica em concordar com todas as determinações do reino para sua vida.

    Bem, podemos até aqui verificar nossa condição em relação ao pai nosso, como filho nós deixamos tudo e somos participantes da herança terrestre e celeste do pai para nós. Como criaturas somos eternos dependentes da graça do Deus santo e como escravos nós não temos nada, absolutamente nada e esperamos atentamente as ordens do rei para a executarmos.

    Deus em Cristo Jesus abençoe a todos.

    Por: Ev. João Bosco de Lima
    Cidade de Pouso Alegre - MG
    Celular: (04135) 9216- 9735- Tim (02135) 8405-0204 - Claro


    Nenhum comentário: 

    Voltar para o site Icém Caraúbas Clique Aqui


    quarta-feira, 19 de março de 2014



    A oração do pai nosso parte 2: “Santificado seja o teu nome”


    Passaremos agora a uma inserção ainda mais profunda do “Pai Nosso”, pois, estamos tratando com alguém que não é apenas nosso pai, mas, também é Deus. Podemos então perguntar o que isso quer dizer? Em primeiro lugar isso significa que ele está acima de nós e que é isento de qualquer de nossas fragilidades.

    Em segundo lugar, ser Deus significa ser perfeito e está acima de todas as coisas. Pedir para Deus santificar seu nome é nada mais do que uma atitude de profunda reverência e reconhecimento de quem Deus realmente é. Ele por ser santo não pode em hipótese alguma aceitar nossos pecados, embora nos ame ele determinantemente todavia odeia os nossos pecados. E é o fato de saber isso que nos coloca de joelhos e com muito temor perante sua face.


    Os próprios Judeus não ousavam chamar pelo nome de Deus por qualquer motivo, pois eles já haviam sido advertidos pela palavra que diz: Não tomarás o nome do Senhor seu Deus em vão, porque o Senhor não terá por inocente quem toma seu santo nome em vão. (Êxodo 20:07), sendo assim, vemos a enorme diferencia entre a primeira frase e a segunda. Como pai "podemos sentar em seu colo, acariciar sua barba" e pedir o que quiser. Como Deus ficamos de joelhos de cabeça baixa pedindo misericórdia e esperando que sua graça nos alcance e nos levante do chão. Bem, começa-se a notar que a oração do “Pai Nosso” não é apenas um conjunto de palavras bonitas de dizemos para Deus, mas, é acima de tudo um ato de rendição e entrega a Ele, é a maneira correta de se relacionar com aquele que é nosso pai e nosso Deus.

    Deus em Cristo Jesus abençoe a todos.

    Por: Ev. João Bosco de Lima
    Cidade de Pouso Alegre - MG
    Celular: (04135) 9216- 9735- Tim (02135) 8405-0204

    Nenhum comentário: 


    Voltar para o site Icém Caraúbas Clique Aqui

    terça-feira, 18 de março de 2014



    Oração do Pai Nosso


    Com certeza essa é a oração mais pronunciada em todo o mundo. Primeiro porque foi Jesus que ensinou, e segundo porque parece aprazível aos nossos ouvidos. Mas, você realmente sabe o que significa essa oração?

    A partir de hoje vou passar alguns dias comentando cada um dos por menores desse magnífico ensino de Jesus, pois a oração do pai nosso nada mais é do que jesus colocando cada coisa no seu devido lugar, vejamos então: Pai nosso que está nos céus... Quando pronunciamos essa frase ficamos deveras tranquilos porque vemos em Deus a mesma coisa que vemos em nosso pai terreno. Isto é, Deus é aquele que o dever de prover todo o sustento que precisamos, porém, ficamos questionando quando Deus nos repreende ou castiga. É aí que agimos como filho adolescentes. Sempre resmungando e questionando a correção que o pai aplica.
    Ás vezes até chamamos o pai do céu de injusto, ora o fato é que ele está no céu, isso quer dizer que ele está a cima de nós e vê e sabe todas as coisas que pensamos, falamos e fazemos. A bíblia diz que deus corrige aquele a quem ama e açoita a todo que recebe por filho (Hebreus 12:06).

    A suma disso tudo é: Deus realmente é aquele que cuida de nós providenciando o necessário para nossa vida. Por outro lado nos corrigi a fim de sermos pessoas melhores para nós mesmo e para os outros.

    Por último devo aprender que Deus não é apenas meu pai, mas pai também dos outros. Isso é pai nosso! Ele faz cair chuva sobre minha roça, mas, faz cair sobre a roça do meu inimigo. Ele me abençoa, mas, abençoa meu inimigo também etc. Amanhã a gente continua.

    Deus abençoe a todos.

    Por: Ev. João Bosco de Lima
    Cidade de Pouso Alegre - MG
    Celular: (04135) 9216- 9735- Tim (02135) 8405-0204

    Nenhum comentário:
    Voltar para o site Icém Caraúbas Clique Aqui


    segunda-feira, 17 de março de 2014



    Com um braço só...


    Hoje pela manhã vi andando na rua um homem que tinha apenas um dos braços, porém, o que me chamou a atenção foi o fato de ele vir conduzindo com a única mão que lhe restava uma linda menininha.

    Ele parecia muito satisfeito, cheio de orgulho, a criancinha de igual modo parecia acolhida, protegida e amada. A bíblia diz que os filhos são herança do senhor. (Salmo127:03).

    Como você tem tratado a herança que o senhor lhe confiou? Somos orientados por Deus a cuidar e ensinar a nossos filhos (Provérbios 22:06). As vezes nossos filhos só querem nossa atenção, nosso colo, nosso conselho e nosso amor... Dezenas de milhares de filhos jamais conversaram com seus pais sobre as coisas mais simples da vida, como por exemplo: escola, trabalho, namoro, casamento, amizade e etc. Simplesmente porque sempre que procuraram os pais eles sempre disseram: agora não, estou muito ocupado para lhe dar atenção!

    Ei pai, ei mãe seu filho quer que você use uma das duas mãos que você tem para segurar a dele e ajudá-lo a caminhar.

    Deus abençoe todos.

    Por: Ev. João Bosco de Lima
    Cidade de Pouso Alegre - MG
    Celular: (04135) 9216- 9735- Tim (02135) 8405-0204 



    domingo, 16 de março de 2014



    De cima da sacada


    Estava resolvendo algumas coisas no centro de pouso Alegre quando olhei para cima e vi um senhor de idade na sacada de um prédio observando na rua todos que ali passavam. Ele estava atento para tudo, nenhum movimento escapava-lhe de seus olhos. Observei as pessoas na rua e a grande maioria nem se dava conta que estava sendo vigiada. Foi aí que meditei na maravilhosa cena que meus olhos podiam vislumbrar e entendi o que Deus estava falando naquele momento; talvez você seja mais um desses que anda displicentemente sem se incomodar se o "VELHINHO" está observando; mas, saiba meu irmão e amigo nenhum de nós escapa do atento olhar de Deus, ele a tudo espreita. Por isso temos que vigiar o que falamos, fazemos ou até mesmo o que pensamos porque Ele a tudo ver e sabe.

    Se por um lado ficamos tranquilos com o olhar guardador de Deus, por outro temos que ter em mente que prestaremos contas daquilo que falamos, fazemos ou pensamos. Por isso muita gente ficará em prejuízo pois, não atentam ao que diz a palavra de Deus, “não vos enganeis de Deus não se zomba”. O que o homem semear, isso, ele ceifará, sendo assim, onde você estiver, seja lá o que você tiver fazendo ou pensando, saiba que da sacada da janela do céu “DEUS ESTÁ OLHANDO”. 

    Deus abençoe vocês. 

    Por: Ev. João Bosco de Lima 
    Cidade de Pouso Alegre - MG
    Celular: (04135) 9216- 9735- Tim (02135) 8405-0204




    sábado, 15 de março de 2014



    O Sapo Frog


    Assisti um filme em que o ator conta uma história para ilustrar o quanto a amizade do outro ator era importante para ele. Ele disse que quando era criança tinha um sapo de estimação chamado frog. Era o melhor amigo que ele tinha. Aliás era o único amigo que ele tinha. 

    Ele dormia com o sapo, comia com o sapo, tomava banho e tudo mais, eram inseparáveis. Ele até beijava o sapo pra ver se ele se transformava em uma princesa ou em sua mãe que o havia abandonado há muito tempo. 

    Um dia quando ele ia passeando de bicicleta com frog dentro de uma caixa em cima do guidon, o sapo pulou e caio ele passou por cima do sapo com o pneu traseiro da bicicleta e o sapinho morreu. Ele ficou estarrecido, desesperado porque seu único amigo tinha morrido. E o pior, por sua causa.

    Talvez você já tenha perdido amizades porque simplesmente passou por cima delas. Ou você nunca encontrou um amigo de verdade, nem igual a Frog, porém, permita-me lhe falar de um amigo mais chegado que um irmão (Provérbios 18:24). Ele foi até as últimas consequências para manter essa amizade, em João 15:13 está escrito: Ninguém tem maior amor do que este: De dar sua própria vida pelos irmãos. Isto é, o amigo JESUS morreu na cruz por nossa causa. E ainda mais profundo... Nós, com nossos próprios pecados matamos nosso amigo. Isso e fez para manter nossa amizade com Deus. 

    Nosso amigo não morreu para sempre, ele ressuscitou e é a fé na ressurreição dele que nos garante a amizade com Deus, garante o perdão dos nossos pecados, a paz que excede todo entendimento e a alegria de saber que ele não nos deixa só e não nos desampara e aí descansamos na sua promessa que diz: estarei convosco todos os dias até a consumação dos séculos. Mateus 28:20. Deus abençoe a todos. 

    Por: Ev. João Bosco de Lima 
    Cidade de Pouso Alegre - MG
    Celular: (04135) 9216- 9735- Tim (02135) 8405-0204


    sexta-feira, 14 de março de 2014



    Terremoto da adversidade: Vemos claramente a diferença entre a pessoa que confia em Deus e a que não confia


    O apóstolo Paulo e seu companheiro Silas tinham sido presos porque tinham expulsado o espírito de adivinhação de uma jovem. Por causa disso foram açoitados com varas e depois presos ao tronco com grilões na masmorra de Filipos. A priori achamos que Paulo e Silas diante dessa injustiça deveriam chorar, praguejar e coisas desse tipo, mas, não foi isso que eles fizeram. 

    A bíblia diz que por volta da meia noite eles cantavam e oravam, essa atitude "estranha" chamou a atenção dos demais presos da prisão e eles ficaram escutando, (Atos 16:25) de repente um terremoto abalou toda estrutura da prisão e as portas e grilões foram arrebentados e todos os presos podiam fugir, se quisessem. 

    Os presos certamente ficam impactados com a reação dos servos de Deus mediante aquela situação, por isso não fugiram, porém, o carcereiro pensando que todos tivessem fugido e sabendo que as leis de Roma dizia que se você deixar um preso fugir sua vida responderá pela a dele. Daí o porquê de ele puxar a espada para suicidar-se. 


    Terremoto da adversidade:
    Meu querido leitor talvez você esteja vivendo essa mesma situação, o terremoto da adversidade tenha chegado em sua vida e tu não saibas o que fazer e tenha pegado a espada para suicidar-se. Tal qual Paulo hoje eu quero te dizer: Não te faças nenhum mal! Você não precisa desistir da vida e dos seus sonhos. 

    Naquela noite o carcereiro se encontrou com Jesus e aquele medo horrível e aquela vontade de morrer deu lugar a uma grande alegria por crido em Deus (Atos 16:34). Lembre-se, a vida por difícil que seja é melhor do que a morte. Deus abençoe a todos. 

    Por: Ev. João Bosco de Lima 
    Cidade de Pouso Alegre - MG
    Celular: (04135) 9216- 9735- Tim (02135) 8405-0204


    Um comentário:

    Um comentário:

    1. Pb. Irani Benicio15 de março de 2014 07:14
      Muito boa essa reflexão, como as demais que o Ev. João Bosco de Lima faz, com a inspiração do Espírito Santo de Deus.

      Quero deixar uma dica a você, Pb. Gidel, a disponibilizar um link direto para compartilhamento das mensagens nas redes sociais; assim fica mais fácil de divulgar a mesma.

      Abraço! Graça e Paz!
      ResponderExcluir
    Voltar para o site Icém Caraúbas Clique Aqui




    sexta-feira, 14 de março de 2014



    REFLEXÃO DO DIA: "Nas pegadas do irmãos mais velho"


    Irmãos, irmãs e amigos graça e paz. Certo dia quando trabalhava na fazenda Jatobá do irmão Alexandre no município de Apodi, eu estava indo desligar a torneira da água que ficava do outro lado da fazenda. Meus dois filhos Joel e Joabe iam comigo. 

    Enquanto Joel afastou-se andando rápido Joabe que é o mais novo começou a pisar nas pisadas do irmão mais velho. Eu fiquei observando aquela cena enquanto repetidas vezes Joabe dizia: estou pisando nas pegadas de Joel. Então foi ali comecei a lembrar que muita gente não tem interesse de andar nas pegadas do nosso irmão mais velho. Sim, ele mesmo Jesus é o nosso irmão mais velho. Hebreus 2:11. Meus queridos, andar nos passos de Jesus é a coisa mais inteligente que podemos fazer, pois, os que seguem seus passos são simplesmente as pessoas mais felizes da terra. 

    Que passos você tem seguido? onde você tem posto a planta do seu pé? Quero convida-lo agora a andar nas pegadas do nosso irmão mais velho que é Jesus. A bíblia diz: Bem Aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores e nem se assenta na roda dos escarnecedores, antes o seu prazer está na lei do Senhor e em sua lei medita dia e noite SALMO 1:01-02. Isso significa andar nas pegadas do irmão mais velho. 

    Que Deus abençoe a todos Ev. João Bosco de Lima dirigente da Igreja de Cristo em Pouso Alegre- Mg Cel.: (04135) 9216-9635-tim (02135) 8405-0204- Claro.

    Por: Ev. João Bosco de Lima

    Nenhum comentário


    Voltar para o site Icém Caraúbas Clique Aqui

    SEXTA-FEIRA, 15 DE OUTUBRO DE 2010


    Em Jesus Cristo somos vencedores!

    "...Aquele que começou boa obra em vós há de completá até ao dia de Cristo Jesus."        Filipenses 1:6

    Se durante o dia há fúria e tempestade ao nosso redor, e o inimigo tenta de todas as maneiras nos derrubar, sabemos que estamos seguros em Jesus, e a partir dessa segurança temos a capacidade de reagir. Este é justamente o nosso combate da fé, que pratiquemos o que dizemos crer. Em compensação, só somos capazes disso se, pela manhã, no silêncio, tivermos tido um encontro com o vencedor Jesus Cristo. Em outras palavras: aquele que quer ser vitorioso no dia-a-dia, este deve ter tido um encontro com o Vencedor. Ele dá o Querer e também o executar; Ele pode o que nós não podemos pela própria força. "A minha graça te besta, porque o poder se aperfeiçoá na fraqueza." E quando falhamos, precisamos desanimar? Não! Aquele que confessa ao Senhor suas falhas e sua incapacidade, e se humilha, este pode contar com o perdão que é dado pelo precioso sangue de Jesus. Mas a renúncia e o sacrifício de tolo é uma astúcia do inimigo, ao qual devemos resistir. Jesus Cristo é o Autor e Consumador da nossa fé, e Ele também há de completar a boa obra que começou em nós.

    Por: Pb. Gidel de Morais

    SEXTA-FEIRA, 8 DE OUTUBRO DE 2010


    E nos fez reis e sacerdotes

    "Fará também uma lâmina de ouro puro, e nela gravará à maneira de gravuras de sinetes: Santidade ao Senhor."                              Êxodo 28:36
    Aqui temos um impressionante capítulo da Bíblia sobre seleção. O Senhor separa para si pessoas para o serviço santo. Quem lê esse capítulo, fica impressionado pela profunda seriedade da consagração sacerdotal. Naquele tempo, o Senhor separou somente a tribo de Levi para o serviço santo. Mas agora, na nova aliança, cada renascido é rei e sacerdote: "Aquele que nos ama, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados, e nos fez reis e sacerdotes para Deus e seu Pai: a Ele glória e poder para todo o sempre. Amém". Quando observamos hoje a Igreja de Cristo, um terrível vácuo se desvenda diante dos nossos olhos. Muitos são convertidos - e parece que isso basta. Vocês se converteram, esta é a salvação da escravidão do Egito, da escravidão do pecado, mas onde está a profunda seriedade da separação para o serviço? qual é o alvo e o auge do ministério? Os levitas se tornaram sacerdotes por causa do cargo que receberam? De modo nenhum! o cago foi um meio para atingir uma finalidade: "Santidade ao Senhor." Uma pessoa com esse alvo de vida se entrega ao Senhor e se torna inteiramente Sua propriedade.







    Por: Pb. Gidel de Morais

    TERÇA-FEIRA, 5 DE OUTUBRO DE 2010


    "Deus prova o seu próprio amor para conosco"

    "Deus prova o seu amor para conosco, pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores."             Romanos 5:8
    Em toda parte onde chega o Filho de Deus existe divisão. Um diz sim a Ele, o outro não. Mas Deus leva a sério essas decisões! Deus leva você totalmente a sério, pois você é sua criatura! Deus criou a grande obra-prima da criação "do pó da terra", o homem à sua semelhança, Ele "lhe soprou nas narinas o fôlego de vida." Assim, Ele nos deu uma natureza que saiu da sua natureza. A natureza de Deus é o amor! Deus quis pessoas que o amassem instantâneamente, pois  amor pressupõe espontaneidade. Isso significa que o Homem podia e pode escolher por si mesmo o seu caminho. E o homem escolheu. Ele escolheu o pecado. Nunca seremos capazes de sondar o que o coração de Deus, que é o perfeito amor, sentiu quando o homem, que Ele havia criado à Sua semelhança, friamente se afastou dEle, voltando-se para Satanás.. Somente aquele que reconheceu a Jesus Cristo como o dom de Deus começa a pressentir algo do que diz João 3:16 "Deus amor o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito..." Essa é a maravilhosa mensagem da segunda opção que Deus oferece aos homens perdidos.







    Por: Pb. Gidel de Morais

    DOMINGO, 26 DE SETEMBRO DE 2010


    Como o nosso andar com Deus pode se tornar inseguro e inconstante?

    "Ora, como recebeste a Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nele. " Colossenses 2:6
    Existem muitos filhos de Deus cuja vida espiritual é feita de altos e baixos. Às vezes ficam resignados e prostrados, como uma vez Elias ficou. Mas será o Senhor inconstante? Medroso? Impotente? Não, nunca! As Escrituras dizem: "...o Senhor Deus é uma rocha." Na verdade estamos rodeados do poder ameaçador das trevas, mas não precisamos nos desanimar, pois andamos com Deus vivo. Não é necessário que você perca o rumo e se deixe abater pelos poderes das trevas que se lançam sobre você, como os poderes da melancolia, dos espíritos da blasfêmia, e demônios do cansaço. Davi exclamou diante de tentações semelhantes: "Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum." A razão da sua intrepidez foi: "...porque tu estás comigo." Ande com o Deus vivo de tal maneira como se só você e Ele existissem nesse mundo! Diante dEle até as trevas são luz: "...porque tu estás comigo."







    Por: Pb. Gidel de Morais      http://twitter.com/icemcaraubas

    DOMINGO, 29 DE AGOSTO DE 2010


    JESUS - O NOME SOBRE TODOS OS NOMES NO NT

    MATEUS- Ele é o Cristo, o Filho do Deus vivo. Mt.16:16
    MARCOS- Ele é o Operador de milagres. Mc. 9:39
    LUCAS-Ele é o Filho do Homem. Lc. 19:1
    JOÃO- Ele é a Porta pela qual cada um de nós precisa entrar. Jo. 10:19
    ATOS- Ele é a Brilhante Luz que aparece a Paulo na estrada de Damasco. At. 9:5
    ROMANOS- Ele é o nosso Justificador. Rm. 5:1
    I CORÍNTIOS- Ele é a nossa Ressurreição. I Cor. 15: 20-23.
    II CORÍNTIOS- O Carregador dos nossos pecados (5:2)
    GALÁTAS- Ele é quem nos redime da lei. Gal. 3:13
    EFÉSIOS- Ele é a nossa inescrutável riqueza. Ef. 1:3
    FILIPENSES- Ele é o Supridor de todas as nossas necessidades. Fil. 4:19
    COLOSSENSES- Ele é o Cabeça do Corpo. 1:18
    I e II TESSALONICENSES- Ele é o Rei que virá. 4:16
    I e II TIMÓTEO- Ele é Mediador entre Deus e os homens. I Tm. 2:5
    TITO- Ele é a Bendita Esperança do crente. Tt. 2:13
    FILEMOM- Ele é o Amigo tão perto quanto um irmão.
    HEBREUS- Ele é o Sangue da Eterna Aliança. Heb. 9:14
    TIAGO- Ele é o Senhor que cura. Tg. 5:14 e 15
    I e II PEDRO- Ele é o nosso Sumo Pastor. I Pe. 2:25
    I, II e III JOÃO- É Jesus que tem o amor eterno. I Jo. 4:14
    JUDAS- Ele é o Senhor vindo entre as suas santas miríades para exercer juízo. Jd. 14 e 15
    APOCALIPSE- Levante os olhos, igreja, pois a sua redenção está próxima! Ele é o Rei dos reis e Senhor dos senhores. Ap. 17:14.
    Deus o exaltou acima de tudo e todos. De igual modo, nós também devemos exaltá-lo através da nossa vida. 




    Por: Pb. Gidel de Morais


    • Blogger Comments
    • Facebook Comments
    Item Reviewed: Palavra de Deus Rating: 5 Reviewed By: Gidel de Morais

    Seguidores

    Scroll to Top