'Só dei um tiro no cachorro', diz mensagem apreendida com suspeito de matar cabo da PM em Caraúbas, RN - Icém Caraúbas 'Só dei um tiro no cachorro', diz mensagem apreendida com suspeito de matar cabo da PM em Caraúbas, RN - Icém Caraúbas
" });
  • ULTIMAS

    'Só dei um tiro no cachorro', diz mensagem apreendida com suspeito de matar cabo da PM em Caraúbas, RN

    ICÉM CARAÚBAS | GIDEL DE MORAIS | 25 DE AGOSTO DE 2018 -11:47HS




    “To vendo a hr esse povo entregar nois. só dei um tiro no cachorro”. A transcrição ao lado, na íntegra, é apenas uma das várias mensagens encontradas no aparelho celular de um dos suspeitos presos por participação direta no assalto a um ônibus escolar que terminou com a morte do cabo da Polícia Militar Ildônio José da Silva, de 43 anos. O crime aconteceu no dia 16 deste mês na RN-117, entre as cidades de Caraúbas e Governador Dix-Sept Rosado, na região Oeste potiguar.

    O policial, que estava a caminho de uma faculdade em Mossoró, foi identificado pelos bandidos, retirado do veículo, deitado no chão e executado com vários tiros. O último disparo, na cabeça, foi de espingarda calibre 12.

    O celular foi apreendido no dia seguinte ao assassinato. O aparelho pertence a um dos três presos pela Polícia Rodoviária Federal durante a abordagem a um Gol preto na BR-110, em Campo Grande, cidade vizinha a Caraúbas. O motorista foi indiciado por favorecimento. Já os outros dois, a polícia acredita que estavam no assalto e que também participaram da execução.

    Após ter acesso ao conteúdo das mensagens, o G1 procurou o delegado Sandro Régis, titular da Delegacia Regional de Patu. Foi ele o plantonista que fez o flagrante da prisão dos suspeitos. Além de confirmar a autenticidade das mensagens, o delegado ainda revelou que elas fazem parte do conjunto de provas que compõem o inquérito.

    Mensagens
    Abaixo, na íntegra, estão transcrições de trechos de mensagens apreendidas no celular do suspeito. São mensagens de WhatsApp datadas do dia 17/08, dia seguinte ao assassinato do cabo Ildônio.

    Os nomes dos envolvidos, inclusive nomes e apelidos que são citados durante as conversas, o G1 suprimiu para não comprometer as investigações.

    Parte das mensagens são do próprio suspeito durante uma conversa com uma pessoa que a polícia acredita ser uma irmã, momentos antes dele ser preso pela PRF. Essa irmã e a mãe, inclusive, foram presas nesta sexta-feira (24), em Caraúbas, suspeitas de darem apoio ao bando.

    Irmã: “ainda bem que sabe”

    Irmã: “mataram o caboco (xxx)”

    Suspeito preso: “to ligeiro. mataram não”

    Irmã: “a Meu Deus. você tava?”

    Suspeito preso: “tava sim bandida. dei apoio aos parceirinhos”

    Mais adiante, o suspeito e a irmã voltam a trocar mensagens:


    Irmã: “ei fique ligeiro ai. Passou um Honda Civil de cor preto com dois homens de preto. É polícia. tá passando devagar”

    Suspeito preso: “estão fardados?”

    Suspeito preso: “prenderam meu pai inocente. venham atras de min seus fela da puta. Num sou eu que voçês querem seus vermes”

    Irmã: “pare com isso. não poste isso. voçes estão dentro do quartinho?”

    Suspeito preso: “estamos no muro, eu e boy (xxx). me arrume o celular da sobrinha”

    Irmã: “certo. Vou colocar pelas telhas. a casa esta aberta para enganar os policiais”

    Irmã: “o advogado disse que pai vai ser só interrogado e vai ser liberado”
    Irmã: “mãe disse que vai arrumar um carro para colocar você e (xxx) e saírem daqui de caraúbas. mais tá fechado de polícia”

    Irmã: “fique com a porta fechada. viu?”

    Irmã: “você fica se amostrando com essas fotos com arma. identificaram você”

    Suspeito preso: “chegou gente aí?”

    Irmã: “fale baixo. da pra ouvir a zuada de você e (xxx) aqui. tá passando dois carros de polícia agora”

    Suspeito preso: “era os que tava apitando?”

    Irmã: “mãe tá terminando de ajeitar o almoço. ela vai deixar a comida e a água aí viu”

    Suspeito preso: “to vendo a hr esse povo entregar nois. só dei um tiro no cachorro”

    Suspeito preso: “dê um dinheiro ai pra (xxx) abastecer ae pra ele tirar noiz daki”

    Suspeito preso: “vá deixar 100 a (xxx). ele tá la em frente a (xxx)”

    Irmã: (xxx) já foi deixar. Ele vai abastecer o carro”

    Em outra conversa, cujas mensagens também estão no celular do suspeito, um outro homem que a polícia confirma que ainda não foi preso fala que continua escondido no mato e conta que soube da prisão do irmão dele e das armas que a polícia apreendeu:

    Foragido: “dá um jeito ai, nem que seja no mato. Ei tô no mato também”

    Suspeito preso: “só. demorou primo. fica escondido ai”

    Foragido: “enviou uma foto do (xxx) com o helicóptero”

    Suspeito preso: “contato de Dr. (xxx)”

    Foragido: “mo fi, voçes saia o mais rapido dai ou vocês se entreguem ou corra. viu?”

    Foragido: “pode sair fora. quando tiver por aqui me avise”

    Foragido: “omi, eu sei lá, só sei que foram lá e levaram foi tudo. meu irmão (xxx) e meus dois sobrinhos. meu sobrinho (xxx) disse umas besteiras lá, entregou tudo boy, disse umas besteiras la na delegacia. voçês saiam dai. ate as armas apreenderam”

    Suspeito preso: mensagem apagada

    Foragido: “doido é, (xxx) disse que era polícia demais, só bico vei. a polícia assanhou ate no inferno. a laranjada está toda pra min parceiro. (xxx) disse umas beiteiras na delegacia mermão. entregou todo o serviço”

    Suspeito preso: “se ligue na idéia, minha irmã foi ali agora e viu o Fiat Uno de (xxx). Tá ligado?”


    Por Anderson Barbosa, G1 RN





    A Ótica Anna nasceu do intuito de trazer a Caraúbas e região uma ótica diferenciada, voltada para um publico exigente que busca sempre inovação e qualidade naquilo que procura, atualmente dispomos de diversas marcas do ramo óptico como Calvin Klein, Lacoste, Marchon, Ray Ban, Ana Hickmann, Sabrina Sato, Detroit, Chloé e Focos VIP com preços justos e atendimento de qualidade. Além de ter em nosso portfólio de vendas uma das marcas mais populares em relógios do Brasil, A Champion. 

    Tudo isso pensando único e exclusivamente nos nossos clientes. Buscando oferecer um serviço eficiente e de qualidade com exames de vista em ambientes confortáveis e com profissionais qualificados e capacitados para melhor lhe atender. Nosso maior objetivo é estar sempre buscando inovações e novas tecnologias para nossos clientes, afim de oferecer produtos e serviços que atendam suas necessidades.

    Venha você também pra Ótica Anna!

    Rua: Coronel Luiz Inácio, 57 Centro – Caraúbas/RN
    Telefone: (84) 99917-1998


    Acompanhe nossas novidades também no Facebook. Clique para curtir nossa fan Page

    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 ► Envie seu comentário:

    Item Reviewed: 'Só dei um tiro no cachorro', diz mensagem apreendida com suspeito de matar cabo da PM em Caraúbas, RN Rating: 5 Reviewed By: Gidel de Morais

    Seguidores

    Scroll to Top