• ULTIMAS

    Para relembrar: Em 1976 Silvério Marinho foi candidato a vice-prefeito na chapa de Guido Gurgel

    ICÉM CARAÚBAS | GIDEL DE MORAIS | 07 DE OUTUBRO DE 2017 - 17:37HS


    No pleito municipal de 15 de novembro de 1976, o sr. Silvério Marinho da Mota (Fundador do Distrito de São Geraldo), foi candidato a vice-prefeito do município de Caraúbas, pela antiga ARENA (Aliança Renovadora Nacional) na chapa encabeçada por Guido Gurgel. Infelizmente a chapa "Guido/Silvério não foi eleita. 

    Sem dúvida, se o comerciante Silvério Marinho tivesse sido eleito vice-prefeito de Caraúbas, teria dado uma enorme contribuição a cidade de Caraúbas, como também a sua terra natal, a vila de São Geraldo.  Mas mesmo sem ter sido vice-prefeito de Caraúbas, Silvério, chegou inclusive a ser eleito vereador de Caraúbas, contribuindo e muito para a sua terrinha.

    História de Silvério Marinho:

    SILVÉRIO MARINHO DA MOTA, filho de Manoel Marinho da Mota e Antônia Rufina da Mota, nasceu em 20 de junho de 1905, na várzea do município de Apodi/RN. O caçula entre outros irmãos, estudou até o 3º ano primário com a professora Herculana Morais, que ensinava como professora particular a um grupo pequeno de alunos.

    Saiu da casa dos seus pais, na Várzea do Apodi, no ano de 1933, mudando-se para o Sítio Cumbe, no município de Caraúbas/RN. Nunca quebrou o elo com seus familiares e amigos. No ano de 1934 construiu a primeira casa de tijolo (essa casa existe até hoje e localiza-se no centro da comunidade) e um grande armazém comercial, dando assim início a fundação do Distrito de São Geraldo.  Quando se tornou proprietário do Sítio Cumbe, hoje São Geraldo, umas das primeiras providências que fez foi dar emprego para vários dos seus conterrâneos, começando pelo seu vaqueiro Bento Horácio e também outros, que trabalharam na agricultura e corte de palha de carnaúba, etc. 

    Em 1935 casou-se com Guiomar Marinho da Mota. Desse consórcio teve os seguintes filhos: Adete Guiomar da Mota, Alarmar Guiomar da Mota, José de Ribamar Marinho da Mota, Maria da Salete Marinho da Mota e Silvério Marinho da Mota Júnior. 

    Silvério era de religião Católica Apostólica Romana, e foi batizado na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição e São João Batista, na cidade do Apodi. Participou de todas as festas da padroeira, no dia 08 de dezembro, desde a época de criança até o ano de 1982, pela última vez fez a sua homenagem a sua protetora Virgem da Conceição.

    Em 1936, Silvério Marinho tornou-se proprietário da maior parte da terra do Sítio Cumbe, que tinha essa denominação em virtude de estar localizado â margem esquerda do riacho Cumbe, no município de Caraúbas/RN. Tendo o sítio permanecido com este nome, até o ano de 1942, quando Silvério pagou uma promessa em agradecimento por sua saúde, construindo uma Capela no ano de 1940 com recursos próprios e ajuda dos amigos: Adelino Sena, Raimundo Sena, José Sena, Raimundo Sena Sobrinho, Francisco Lopes, Joel Gurgel, Adauto Morais, Herculana Morais, Clementino Farias que se tornou em 1940, proprietário do restante do sítio doando o terreno para a construção da capela e muitos outros que colaboraram. Na época o prefeito de Caraúbas, Sr. João Gurgel Guerra, conhecido pela alcunha de Joca Guerra, e sua esposa Dona Nazaré, eram amigos do casal Marinho Mota e por esse motivo os presentou com a imagem de São Geraldo para ser o padroeiro da capela, mas como havia feito a promessa para Nossa Senhora da Saúde, Silvério combinou com o seu compadre e amigo Clementino Farias mudar o nome de sítio Cumbe para São Geraldo em homenagem ao prefeito pelo presente recebido e a capela seria chamada de Nossa Senhora da Saúde.  Quando construiu a capela, quem tocava banda de música nas festas de 15 de agosto era a banda de música da cidade do Apodi e as cantoras da Igreja Nossa da Conceição que eram: Senhora Adolfina, Isa Mota entre outras.

    Silvério Marinho da Mota é considerado um dos principais fundadores do Sítio São Geraldo, contribuindo para que sua localidade um dia torna-se "Distrito" do município de Caraúbas/RN. O que de fato aconteceu no ano de 1963, através da lei nº  3003, de 19 de dezembro de 1963, sancionada pelo  Governador do RN,  Aluizio Alves,  a então Vila de São Geraldo, passou a categoria de "Distrito" de São Geraldo. 

    No ano de 1976, foi candidato a vice-prefeito de Caraúbas, na chapa encabeçada por Guido Gurgel, mas infelizmente não foram eleitos. Silvério Marinho foi também candidato a vereador de Caraúbas, sendo eleito e representando a sua comunidade. 

    Silvério Marinho da Mota, faleceu no Distrito de São Geraldo, município de Caraúbas/RN no dia 01 de janeiro de 1983. É patrono da Quadra de Esportes de São Geraldo. Seu nome é um dos principais nomes cotados para o "futuro município de São Geraldo", com o nome de "Silvério Marinho",  a ser desmembrado de Caraúbas/RN.

    Fonte: Adete Mota, filha de Silvério Marinho da Mota.

    Todas as informações e foto são do blog Tudo de Caraúbas

    Preço Baixo de Verdade é aqui na loja Ivanildo Eletromóveis/Casas Potiguar


    Projetamos o ambiente do seu sonho para sua casa ficar do jeitinho que você quer. Móveis e Eletros no melhor estilo e menor preço da cidade.

    Produtos de extremo bom gosto que vão completar a sua casa; visitem a nossa loja no centro de Caraúbas. 

    Tel.: (84) 3337-2417 


    Acompanhe nossas novidades também no Facebook. Clique para curtir nossa fan Page



    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 ► Envie seu comentário:

    Item Reviewed: Para relembrar: Em 1976 Silvério Marinho foi candidato a vice-prefeito na chapa de Guido Gurgel Rating: 5 Reviewed By: Gidel de Morais

    Seguidores

    Scroll to Top