• ULTIMAS

    Nota de Esclarecimento da COSERN sobre ligação clandestina no Conjunto Miguel Brito de Melo, em Campo Grande

    ICÉM CARAÚBAS | GIDEL DE MORAIS | 31 DE AGOSTO DE 2017 - 17:44HS

    NOTA DE ESCLARECIMENTO

    Com relação ao questionamento do site Campo Grande Notícias, a Cosern esclarece que:

    De acordo com o artigo 168, da resolução 414, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a distribuidora deve interromper o fornecimento, de forma imediata, quando constatada ligação clandestina que permita a utilização de energia elétrica, sem que haja relação de consumo, fato constatado no Conjunto Miguel Brito de Melo, em Campo Grande.

    A Cosern ressalta que, além de ser uma prática que apresenta risco de morte ao consumidor, o furto ou fraude de energia elétrica é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, podendo a pena variar de um a quatro anos de reclusão, além da fixação de multa.

    Por fim, a Cosern esclarece que o furto ou fraude de energia elétrica traz prejuízos não apenas para a concessionária, mas também para os consumidores, pois a Aneel autoriza as distribuidoras a incluir em suas tarifas parte do prejuízo decorrente de fraudes, elevando as tarifas.

    Atenciosamente,
    Assessoria da COSERN

    Casa Junior tem tudo de bom para você

    Com mais de 40 anos de tradição no mercado de moveis e eletrodoméstico! Tudo de bom para você, o preço de avista parcelando em 10x sem juros nos cartões de credito.

    Melhor atendimento e entregar e montagens grátis. 

    Casa Júnior.
    Tem tudo de bom para você.



    Acompanhe nossas novidades também no Facebook. Clique para curtir nossa fan Page


    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 ► Envie seu comentário:

    Item Reviewed: Nota de Esclarecimento da COSERN sobre ligação clandestina no Conjunto Miguel Brito de Melo, em Campo Grande Rating: 5 Reviewed By: Gidel de Morais

    Seguidores

    Scroll to Top