• ULTIMAS

    Polícias e autoridades se reúnem para explicar detalhes da instalação da “Operação Madrugada Segura” em Caraúbas

    Na manhã desta terça-feira (18) aconteceu no Auditório da Universidade Federal Rural do Semi-Árido – Ufersa, em Caraúbas, uma importante reunião com a cúpula da polícia do Estado do Rio Grande do Norte para debater com a sociedade local, medidas de segurança a ser adotadas no município de Caraúbas e região.

    A reunião serviu para explicar detalhes da “Operação Madrugada Segura” que será instalada uma base na cidade de Caraúbas e contará com aproximadamente 120 policiais que irão realizar fiscalizações em todo o município e região, com ações de combate à criminalidade, bem como a utilização de serviço de inteligência, para se antecipar aos criminosos em eventual ataque a segurança pública.

    O evento contou com a presença do prefeito de Caraúbas, Juninho Alves e do vice prefeito Paulo Brasil; do presidente da Câmara de Vereadores de Caraúbas, Josean Amorim; do Juiz de Direito da Vara Única, da Comarca de Caraúbas, Pedro Paulo Falcão Junior; Capitão Aderlan Bezerra, Comandante da 2 Companhia do 7 Batalhão Patu; Capitão Medeiros, Chefe da assessoria administrativa do 13 BPM; Major Maxmiliano, do 2 BPM; Capitão Carvalho, do 7 Batalhão de Pau dos Ferros; Major Costa, Comandante do Batalhão de Pau dos Ferros; Comandante do CPI, Coronel Eliause; Sub Comandante do CPI, Coronel Mendonça; Comandante do CPR2, Comandante Raimundo; comandante do CPR1, Tenente Coronel, Alvebar; do 12º BPM, Tenente Coronel Humberto; comandante do Batalhão, Major Costa; Comandante da 3ª COM de Caraúbas, Tenente Luíz Almeida; delegado titular da Delegacia de Polícia Civil de Caraúbas, Luiz Antônio; Comandante do GTO de Alexandria, Cap. Brilhante; entre outras autoridades.

    De acordo com o coronel Mendonça, será criada a “Operação Emprego de Grupos de Intensificação e Combate”, que atuará em todo o Oeste, realizando o combate ao crime. “Para isso haverá três bases, sendo um delas em Caraúbas e contará diariamente com 12 homens, e que demandará um gasto mensal para o estado de mais de R$ 200 mil. No tocante a Caraúbas, a prefeitura está disponibilizando uma casa e todo apoio necessário aos policias da operação”, explicou.

    Para o oficial, as operações debatidas pelo comando da PM, serão de caráter inteligente e repressivo. “Vamos usar todo o nosso conhecimento da região para nos anteciparmos aos criminosos em eventuais ataques e vamos combater repressivamente, todo o tipo de bandidagem, desde o assaltante a mão armada até as quadrilhas de artilharia pesada. Vamos combater a criminalidade”, destacou.
    O juiz de direito, Pedro Paulo Falcão, da comarca de Caraúbas, ressaltou que o poder judiciário é um grande aliado das Polícias Militar e Civil. “O judiciário é um grande aliado das polícias Militar e Civil no combate à criminalidade, não só de âmbito repressivo, como também educativo e orientador às famílias”, disse.

    O magistrado relatou ainda que uma das maiores preocupações que tem enfrentado em Caraúbas, é o grande número de menor infrator. “Hoje temos um grande número de menor infrator. Adolescentes envolvidos em crimes pesados, como assassinatos, assaltos, furtos e outros tipos de delitos. Isso é mais um desafio que temos que combater em parceria com as polícias, Conselho Tutelar, famílias e a sociedade”, comentou o magistrado.







































































































































































    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 ► Envie seu comentário:

    Item Reviewed: Polícias e autoridades se reúnem para explicar detalhes da instalação da “Operação Madrugada Segura” em Caraúbas Rating: 5 Reviewed By: Gidel de Morais

    Seguidores

    Scroll to Top