• ULTIMAS

    Lojas de doces capricham para atender consumidores exigentes


    Natal – O concorrido e rentável negócio de produção de tortas, bolos e doces finos feitos artesanalmente tem atraído não só os empreendedores que gostam e tem habilidade para cozinhar, mas, sobretudo, uma clientela ávida por novidades e produtos com qualidade e alto padrão. Em meio a tantas opções de lojas de doces e tortas finas, o consumidor compara principalmente sabor e qualidade, tornando-se um divulgador espontâneo. As guloseimas não só atraem clientes, mas, movimentam doces negócios ao concretizar o sonho de empreendedores de ter uma empresa própria.

    É o caso da empresária Larissa Pio, que investiu há pouco mais de um ano na loja La Sweets e atualmente se destaca no segmento pelo criterioso e caprichoso trabalho na arte de seduzir o cliente pelo visual e gosto das guloseimas que produz. Ela conta com uma equipe de cinco funcionárias que trabalham na produção e no balcão da pequena loja instalada no bairro do Tirol, em Natal.

    Para dar contar do intenso movimento da loja, Larissa Pio se reveza entre a cozinha e o salão com apenas seis mesas. Além da clientela da loja, são atendidas encomendas de doces para festas de aniversários e casamentos, principalmente. Larissa lembra que já produziu até quatro mil doces para atender a uma encomenda e que atingiu a marcas de 60 tortas num só dia.

    Apesar da concorrência acirrada, que torna o mercado aviltante, Larissa Pio admite que o consumidor natalense está disposto a pagar por produtos diferenciados, desde que a qualidade esteja compatível com o preço. “Sempre procuro inovar nas receitas que eu mesma elaboro e até na apresentação dos nossos produtos”, explica a microempresária, que treinou todas as suas funcionárias para suprir a escassez de mão-de-obra capacitada para produzir os doces e as tortas finas.

    Para melhorar a gestão de finanças, área em que sente maior dificuldade, Larissa Pio tem buscado soluções no Sebrae, como por exemplo a formação de preços, e orientações técnicas para resolver questões como o controle de estoque. A microempresária está necessitando de um gerente de vendas para retomar as visitas às empresas de cerimonial de festas e outros clientes em potencial. Atualmente está aderindo ao programa Supere a Crise, idealizado pelo Sebrae para a elaboração de um autodiagnostico da empresa. “O Sebrae tem sido um norteador, indicando as soluções para a minha empresa”, reconhece.

    Bacharel em Direito, Larissa Pio trocou o ofício de elaborar pareceres, teses e petições por receitas de sucesso, desde que há quatro anos começou a fazer docinhos para festas de familiares e os amigos espalharam sua fama de exímia produtora de guloseimas. “Sempre demonstrei interesse e gosto para cozinhar, mas só com o tempo pude perceber que podia fazer doces irresistíveis e passei a atender pequenas encomendas até chegar nas grandes festas de casamento”, lembra Larissa, que sente orgulho de ter se tornado uma empresária bem sucedida, em que pese as dificuldades próprias do mercado.
    Agência Sebrae

    Acompanhe nossas novidades também no Facebook. Clique para curtir nossa fan Page

    ______________________________________________________

    A melhor assistência técnica em antenas via satélite você encontra na Daniel-Via-Sat, Sistema Digital, HD e analógico



    * Instalações, manutenções e transferências de sua antena.

    * Fazemos e executamos projetos de sistema coletivo em residenciais e prédios.
    * Mão de obra especializada, garantimos nosso serviço. 

    Contatos : ( 84 ) Zap> 9 8158-0263 x 9619-5714 x 8815-5875

    * E-mail : dvs_sat@live.com
    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 ► Envie seu comentário:

    Item Reviewed: Lojas de doces capricham para atender consumidores exigentes Rating: 5 Reviewed By: Gidel de Morais

    Seguidores

    Scroll to Top