• ULTIMAS

    Maiores doadores do Instituto Lula pagaram metade das palestras do ex-presidente

    Agentes da PF no momento do cumprimento dos 44 mandados na manhã desta sexta-feira (4) - Por iG São Paulo
    OAS, Odebrecht, Camargo Corrêa, Queiroz Galvão, Andrade Gutierrez e UTC. São essas as empresas que mais doaram dinheiro para o Instituto Lula e, de acordo com as investigações da 24ª fase da Operação Lava Lato, foram também as responsáveis pela contratação de 47% das palestras da Lils Palestras, empresa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Foram cerca de R$ 20 milhões em doações e outros R$ 10 milhões pagos em palestras.
    "A questão principal fiscal foi o relacionamento das entradas de recursos na Lils palestras e a saída de recursos do Instituto Lula. Existiria uma confusão operacional e financeira entre as duas entidades, ainda a serem confirmadas", disse o auditor fiscal da Receita Roberto Leonel Lima.

    A informação foi passada na coletiva da manhã desta sexta-feira (4), na qual participaram Polícia Federal, Receita Federal e Ministério Público. Ao todo, são 33 mandados de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva, alguns ainda a serem finalizados. "Em alguns locais estamos tendo problemas com manifestações, o que está dificultando um pouco o trabalho. Mas acredito que até a hora do almoço tudo esteja concluído", afirmou o delegado da PF Igor Romário de Paula.

    Representando o MP, o produrador Carlos Fernando dos Santos Lima fez questão de frisar que as buscas nas residências de Lula e de seus familiares fazem parte de apenas "mais uma fase da operação Lava Jato", e que não há motivações políticas para as ações. "Há evidências de que o ex-presidente e sua família receberam vantagens para, eventualmente, a concepção de atos dentro do governo", disse. "Não há ninguem isento de ser investigado nesse País (...) Lula não tem foro privilegiado".

    Aletheia: busca pela verdade

    A Operação foi batizada de Aletheia em referência a expressão grega que significa busca da verdade. Cerca de 200 policiais estão nas ruas e 30 auditores da Receita para cumprir 44 ordens judiciais em São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia.

    Os principais alvos são o Luiz Inácio Lula da Silva, seu filho Fabio Luiz Lula da Silva, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, e outros diretores e pessoas ligadas ao ex-presidente da República. 

    Acompanhe nossas novidades também no Facebook. Clique para curtir nossa fan Page


    ______________________________________________________

    Rede Fácil Construir: Caraúbas conta com a mais nova casa de material de construção


    A mais nova casa de material de construção chegou em Caraúbas, trata-se da Rede Fácil Construir.

    Localizada na Rua Coronel Luiz Inácio, Nº 138, no centro da cidade de Caraúbas/RN, próximo da Igreja Assembleia de Deus.

    Com melhor atendimento, produtos inovadores, preços baixos e entrega rápida, garantindo a satisfação do nosso cliente!

    Organização Casa Júnior

    Contatos:
    (84) 3337-2218 / 96452223 / 96452224 / 96452225
    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 ► Envie seu comentário:

    Item Reviewed: Maiores doadores do Instituto Lula pagaram metade das palestras do ex-presidente Rating: 5 Reviewed By: Gidel de Morais

    Seguidores

    Scroll to Top