• ULTIMAS

    Assembleia discute situação de mulheres negras no Rio Grande do Norte

    A Assembleia Legislativa promoveu, na tarde desta quinta-feira (12), uma audiência pública para discutir a situação de mulheres negras no Rio Grande do Norte e também para debater a "Marcha Nacional das Mulheres Negras", que ocorrerá no dia 18 de novembro, em Brasília. Proposto pelo deputado Fernando Mineiro (PT), o encontro reuniu entidades representativas do movimento negro e de religiões afro-brasileiras, que irão à Brasília em comemoração ao Dia da Consciência Negra, comemorado no dia 20 de novembro, data em que morreu Zumbi dos Palmares.

    Na abertura da discussão, o deputado Fernando Mineiro apresentou dados sobre a situação de mulheres negras no estado. De acordo os númeoros, referentes ao Censo 2010 do IBGE, as mulheres negras representavam 56,4% da população feminina do estado naquele ano, o equivalente a 912.897 mil negras vivendo no Rio Grande do Norte. A taxa de analfabetismo, à época, era de 11,2% entre as brancas, enquanto o índice era de 17,7% para a população feminina negra. 

    Com relação às oportunidades, mais discrepância. O percentual de mulheres negras e brancas ocupadas e com ensino superior completo era de 13,10% e 24%, respectivamente, com o desemprego de 13,7% para negras e 11,5% para as brancas. Ainda de acordo com o Censo 2010, o rendimento médio do trabalho das mulheres brancas com 16 anos ou mais de idade ocupadas era de R$ 1.136,70, contra R$ 769,58 de mulheres negras com as mesmas características.

    "É uma situação que muitas pessoas podem até não ter a real noção, mas que são realidade. São dados oficiais e que mostram um quadro que precisa ser mudado", disse Fernando Mineiro.

    No encontro, representantes dos movimentos negros abordaram questões sobre violência, discriminação e desigualdade no tratamento dado a pessoas negras, além do “femicídio” de mulheres negras, racismo e sexismo. A situação, de acordo com os participantes, é enfrentada diariamente em toda a sociedade, inclusive nas proximidades de quilombos, que são grupos de descendentes de africanos que mantêm tradições culturais, de subsistência e religiosas.

    Atualmente, o Rio Grande do Norte tem 64 quilombos, de acordo com representantes do movimento negro. Porém, somente 22 deles são reconhecidos pelo Incra e Fundação Palmares, enquanto nove têm acompanhamento constante. O objetivo da participação dos movimentos negros e de quilombolas na Marcha Nacional das Mulheres Negras tem o objetivo de articular e dar visibilidade às temáticas raciais femininas. 

    "É preciso que todos sejam ouvidos e o tema tenha a devida atenção da sociedade. Vamos continuar dando oportunidade e voz a todos os que buscam a igualdade", finalizou Mineiro.

    Acompanhe nossas novidades também no Facebook. Clique para curtir nossa fan Page

    ______________________________________________________
    Odontoclínica é a melhor Clínica odontológica de Caraúbas e Região, com profissionais qualificados

    A Odontoclínica é uma clínica odontológica moderna e bem equipada que atende aos mais altos padrões de qualidade. Nosso objetivo é viabilizar o melhor tratamento dentário seja qual for a necessidade.

    A Odontoclínica oferece atendimento odontológico especializado em diversas áreas da odontologia: Estética, restauração, extrações, cirurgias, canal, próteses, ponte fixa, coroas, tartarectomia, gengivectomia, limpeza e aplicação de flúor.

    Os profissionais Dr. Neuremberg Fernandes, Cirurgião Dentista e Dr. Neuremberg Fernandes Filho, Cirurgião Dentista, buscam atualização constante em suas especialidades clínicas. Com equipamentos modernos e procedimentos inovadores fazem parte da filosofia de atendimento odontológico da empresa.

    Seus padrões de qualidade rigorosos e perfeccionismo tornam possíveis a concretização diária do compromisso de buscar o melhor resultado possível. O sorriso de um cliente satisfeito é para nós, a nossa razão de ser.

    Odontoclínica, Odontologia com Excelência! Fica bem localizada, ao lado da clínica de Dra. Velúzia, no centro de Caraúbas.

    Atendimento: 
    Horário: 09:00 às 12:00 e 1300 às 16:00 hs

                                    Manhã:
    Dr. Neuremberg Fernandes (Pai)= Segunda-feira
                                    Terça-feira
                                    Quinta-feira
    Pela manhã e tarde

                                    Tarde
    Dr. Neuremberg Fernandes (Filho)=Segunda-feira
                                    Terça-feira
                                    Quinta-feira
                                    Sexta-feira
                                    Sábado

    De segunda-feira a quinta-feira só horários marcados 

    Contato (84) 9672-5183/9820-0195/9981-3082/9926-4441
    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 ► Envie seu comentário:

    Item Reviewed: Assembleia discute situação de mulheres negras no Rio Grande do Norte Rating: 5 Reviewed By: Gidel de Morais

    Seguidores

    Scroll to Top