Agredida por jovens de classe média Doméstica receberá R$ 500 mil de indenização

Gidel de Morais


A empregada doméstica Sirlei Dias, que foi espancada por cinco jovens de classe média no Rio de Janeiro, vai receber dos agressores R$ 500 mil de indenização por danos morais. A decisão é da juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro, titular da 6ª Vara Cível. Para a juíza, além da condenação na área criminal, essa é a forma do Poder Judiciário demonstrar repúdio ao gesto dos agressores. Sirlei Dias foi agredida em 2007 enquanto aguardava o ônibus em um ponto da Barra da Tijuca, bairro da zona oeste carioca.

“Direito à dignidade representa direito ao respeito. Infelizmente, nessa tragédia vivida por Sirlei, não houve consideração com sua pessoa. Os agressores sequer a perceberam como tal, não a tinham como pertencendo ao mesmo grupo social”, disse a magistrada, ressaltando que a aplicação da pena tem caráter sócio-educativo para que “os jovens percebam os valores da pluralidade, solidariedade e igualdade”. Em juízo, os agressores disseram que confundiram a doméstica com uma prostituta.
Além da indenização por danos morais, os réus ainda terão de pagar à doméstica o valor de R$ 1.722,47 por dano material, com correção monetária e juros legais. Também terão que indenizar a vítima por lucros cessantes em razão do tempo em que Sirlei ficou sem poder trabalhar. A quantia deve corresponder ao salário de empregada doméstica (um salário mínimo) que Sirlei receberia entre a data da agressão e o momento em que a vítima readquiriu condições para voltar ao trabalho.
Os cinco jovens foram condenados em janeiro de 2008 pelos crimes de roubo e agressão e cumprem penas com regimes distintos. Em regime semiaberto, Felippe de Macedo Nery Netto e Rubens Pereira Arruda Bruno foram condenados a seis anos de prisão, enquanto Julio Junqueira Ferreira foi condenado a seis anos e oito meses. Rodrigo dos Santos Bassalo da Silva, que tinha antecedente criminal por roubo com emprego de arma de fogo, foi condenado a sete anos e quatro meses em regime fechado, e Leonardo Pereira de Andrade, que também respondia a outro processo à época, foi condenado a seis anos e oito meses de prisão também em regime fechado.
Por:Daniel Filho de Jesus

16 de agosto de 2010

 Nenhum comentário

Filha vai a penitenciária visitar o pai Bruno

Gidel de Morais

O goleiro Bruno, ex-jogador do Flamengo, réu no processo sobre o desaparecimento e morte de Eliza Samudio, recebeu visita de uma de suas filhas na penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, Minas Gerais,  domingo(15). De acordo com a Secretária de Estado de Defesa Social (Seds), ainda estiveram no local um amigo e a avó.

Os outros envolvidos no caso também receberam visitas. Dayane dos Santos, mulher do goleiro, foi visitada por duas irmãs e uma prima. Ela se encontra no Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto, na capital. Já Luis Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, recebeu visita dos pais na Nelson Hungria. O ex-policial Marcos Aparecido do Santos, o Neném, recebeu um tio e a esposa na mesma penitenciaria. As informações foram cedidas pela secretaria.
Flávio Caetano de Araújo, o Flavinho, Wemerson Marques de Souza, o Coxinha, e Elenilson Vitor da Silva, não receberam visitas. Ainda segundo a secretaria, Sérgio Rosa Sales, preso no Centro de Remanejamento de Presos, poderia receber visitas no sábado, mas ninguém compareceu. Fernanda Gomes Castro, namorada de Bruno, ainda não pode receber visitas no Complexo Penitenciário Feminino Estevão Pinto.
Por:Daniel Fiçho de Jesus

 Nenhum comentário

Após 30 anos da sua morte Vinícius de Moraes é nomeado embaixador

Gidel de Morais

O governo brasileiro homenageará nesta segunda-feira o poeta, escritor, compositor e diplomata Vinicius de Moraes (1913-1980). O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e várias autoridades prestarão a homenagem post mortem ao diplomata, que será promovido ao cargo de embaixador (ministro de primeira classe) durante solenidade no Ministério das Relações Exteriores, marcada para as 17h30.

Em 1968, Vinicius de Moraes foi aposentado compulsoriamente por meio do Ato Institucional número 5 (AI-5), sob a alegação de que seu comportamento boêmio não condizia com a carreira pública. Segundo amigos, na época, o poeta não se conformou com a decisão. Por 26 anos, ele atuou na diplomacia brasileira, servindo em Los Angeles (Estados Unidos), Paris (França) e Roma (Itália).
A aposentadoria de Vinicius foi publicada quando ele fazia um espetáculo em Lisboa (Portugal) com Chico Buarque de Hollanda e Nara Leão. Na primeira vez que tentou ingressar no Itamaraty, ele foi reprovado na prova de seleção. A aprovação só ocorreu na segunda tentativa.
Para a homenagem, o Itamaraty pretende montar um cenário que lembre em cada detalhe o poeta consagrado, não só pela genialidade nas criações, mas também pela admiração às mulheres. O compositor também ficou conhecido pelo seu senso de humor.
Amigo de poetas como Manuel Bandeira, Mário de Andrade e Oswald de Andrade, numa primeira fase, Vinicius fez uma série de parcerias ao longo da vida artística. Foi um dos precursores da bossa nova registrando uma das uniões mais bem-sucedidas na área musical: Vinicius e Tom Jobim.
No final da vida, o principal parceiro dele era Toquinho. Mas Vinicius também fez letras de chorinho em parceria com Pixinguinha. Crítico sagaz, boêmio e conquistador, Vinicius virou uma espécie de ícone dos intelectuais.
Por:Daniel Filho de Jesus

 Nenhum comentário

Madrasta foi xingada e escorraçada de velório a garrafadas

Gidel de Morais

O enterro de Joanna Cardoso Marcenal Marins, 5 anos, foi marcado pela revolta com a presença da madrasta da menina, Vanessa Marins. Ela foi escorraçada do cemitério Jardim Mesquita, na Baixada, onde 300 pessoas acompanham o velório na tarde de ontem. Joanna estava com o pai e a madrasta quando foi internada dia 19, com convulsões, hematomas e queimaduras. Ela morreu após 26 dias internada e a polícia investiga maus-tratos.

A família da menina acusa o técnico judiciário André Rodrigues Marins, pai da criança e responsável por sua guarda desde 26 de maio, de maltratá-la. Vanessa foi expulsa aos gritos de “assassina”, “safada” e “vagabunda” e ainda foi acertada por garrafas d’água. Ela saiu do local chorando em um carro onde havia um homem não identificado. André nem apareceu no cemitério.
‘ELE É UM MONSTRO’
“Ela nunca gostou da Joanna. Brigava com o André por causa da menina. Esse homem não derramou uma lágrima quando soube da morte da filha, é um monstro”, disse Merilane Nunes, prima da mãe de Joanna, Cristiane Ferraz. A mãe da menina estava desolada e não parava de chorar. Ela ficou o tempo todo abraçada ao marido, Ricardo Ferraz(foto), com quem tem dois filhos. “Ricardo e Joanna se adoravam. Ela o chamava de papaizinho do coração”, lembra Merilane. Joanna foi enterrada com uma fantasia de Branca de Neve, a sua favorita. Parentes e amigos da família estavam vestidos com camiseta com a foto da pequena e frase ‘Te amamos’.
“Ela estava linda, bem vestida, com brinquinhos de ouro, quando foi morar com o pai e voltou um cadáver”, disse, aos prantos, Luciene Marcenal, tia da menina. “Ele é um safado, acabou com uma família, não pode ficar impune”, sentenciou ela, pouco antes de Vanessa Marins, madrasta da menina, tentar entrar no cemitério.
Falso médico ainda está foragido
Cristiane Ferraz entregou a filha Joanna ao pai da criança, André Rodrigues Marins, dia 26 de maio, após sentença da 5ª Vara de Família de Nova Iguaçu. Dia 19, Joanna foi levada ao Hospital Rio Mar, na Barra, com uma crise convulsiva. Lá, foi atendida e liberada pela médica Sarita Fernandes Pereira. No dia seguinte, voltou lá e foi medicada por Alex Sandro da Cunha Silva, estudante de Medicina que se passava por médico. Ele a liberou desacordada. Sarita foi presa e Alex está foragido.
Por:Daniel Filho de Jesus

 Nenhum comentário

Atriz vibrou com punição de ex-Dado

Gidel de Morais

Luana Piovani participou da festa de 25 anos do ‘Criança Esperança’, exibida pela Globo no sábado e, depois de mais de 20 dias de férias fora do Brasil, falou sobre a condenação do ex-namorado Dado Dolabella. “Não sou juiz, fui só a vítima dessa história. O que me restava era aguardar tudo isso chegar ao fim. Não vou comentar a pena. Esse é um ciclo que se encerra em minha vida”, disse.

O ator foi condenado a dois anos e nove meses de prisão em regime aberto por ter agredido Luana durante uma discussão na boate 00, na Gávea, em outubro de 2008. Após o resultado, Dado chegou a dizer que achava a pena exagerada.
“O que ele diz não me interessa. Me livrei dessa história e estou aliviada. Sou virginiana e gosto que um ciclo se encerre para começar outro”, afirmou ela, com certa irritação. A atriz garante, no entanto, ser testemunha de sua camareira, Esmeralda de Souza Honório, a Esmê, que também acusa Dado de agressão.
Nova delegata
Pouco tempo depois de dar vida à delegada Gabriela na minissérie ‘Na Forma da Lei’, na Globo, Luana está empolgada para fazer mais uma personagem do gênero, mas agora nos cinemas: “O filme é baseado no livro ‘Bandidos e Mocinhos’, de Nelson Motta. O fato de já ter feito uma delegada me dá uma boa base para esse trabalho, apesar de saber que, para o cinema, o preparo tem que ser ainda maior”, compara.
Ano que vem, ela também deve rodar ‘A Mulher Invisível 2’ ao lado de Selton Mello. A comédia dirigida por Cláudio Torres foi sucesso de público. Enquanto não volta ao set de gravação, a atriz segue para São Paulo com o espetáculo infantil ‘O Soldadinho e a Bailarina’, a partir de 25 de setembro. “Vamos ficar por lá até dezembro. Foi um sonho ter trazido esses personagens para o palco do ‘Criança Esperança’ e levá-lo a uma plateia tão grande”, disse.
Tititi no ‘Criança Esperança’
Uma das presenças mais comemoradas no palco do show do ‘Criança Esperança’ e também assediado nos bastidores como Luana foi o ator e cantor Fiuk. Com a banda Hori, ele apresentou ‘Help’, dos Beatles. Ao ser questionado sobre o que ele achou da ‘Playboy’ da irmã, a atriz Cleo Pires, disse: “Está aprovada. Comprei umas 50 para os amigos que me zombaram muito”.
Por:Daniel Filho de Jesus

 Nenhum comentário

Sindicalista denuncia arapongagem do PT em 2002

Gidel de Morais

AFP/RICARDO STUCKERT
Antigos companheiros do presidente Lula formaram um núcleo de arapongagem em 2002 para espionar e promover ataques a adversários do petista que, na ocasião, disputava pela quarta vez consecutiva o Palácio do Planalto. A denúncia é do sindicalista Wagner Cinchetto.
Ele afirma ter integrado o grupo que teria como principal estratégia atribuir à campanha de José Serra (PSDB) a autoria de ações clandestinas.
Uma dessas investidas, afirmou Cinchetto à revista Veja, foi a polêmica operação da Polícia Federal que, naquele ano, recolheu na sede da empresa Lunus R$ 1,34 milhão, dinheiro vivo e sem origem declarada que seria do caixa 2 da campanha de Roseana Sarney (PMDB), hoje governadora do Maranhão e então pré-candidata à sucessão de Fernando Henrique Cardoso.
"O Lula sabia do núcleo e deu autorização", afirma Cinchetto. "Tinha um plano para detonar a campanha da Roseana", disse ele ao jornal O Estado de S. Paulo, ontem. "A gente tinha uma pessoa infiltrada na operação Lunus. Orientamos para ligar ao Palácio do Planalto para dizer que tinha dado tudo certo. Ficou a impressão digital do Serra. Quando a Roseana atacou o Serra o grupo festejou, teve comemoração. O PT estava nessa. Todo mundo acha que os tucanos planejaram."
O sindicalista conta que "quem dava a palavra final às vezes eram o Berzoini (Ricardo Berzoini, ex-presidente do PT) e o Luiz Marinho (prefeito de São Bernardo do Campo)". "Quando a gente precisava de dinheiro falava com o Carlos Alberto Grana, tesoureiro da CUT, ou com o Marinho e o Bargas (Oswaldo Bargas, ex-secretário do Ministério do Trabalho)."
Cinchetto relata que o grupo trabalhou para inviabilizar as candidaturas de Anthony Garotinho (PDT) e de Ciro Gomes (PPS). "O Ciro era um dos favoritos. Centramos em seu ponto mais fraco que era o vice da chapa, o Paulinho da Força. Eu trabalhava para a CUT e já tinha preparado dossiê sobre o Paulinho, trabalho de profissional. Fotografamos até uma fazenda do Paulinho. A candidatura do Ciro foi minando. O Ciro achava que era coisa dos tucanos, do pessoal do Serra."
O presidente do PT, José Eduardo Dutra, disse que considera inverídicas as declarações de Cinchetto à revista Veja. "Não tenho nada a declarar. Não conheço esse senhor (Cinchetto), nunca o vi. Veio da Força Sindical, rival da CUT", limitou-se a comentar. Procurado pelo Estado, o deputado Ricardo Berzoini (PT-SP) não deu retorno à ligação. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Por: Pb. Gidel de Morais

 Nenhum comentário

Crianças compram passagens de avião e viajam sozinhas sem "incômodo"

Gidel de Morais

Reprodução/Upi.com
Uma menina de 15 anos, seu irmão de 11 e um amigo de 13 pegaram um avião sozinhos e sem seus pais saberem em Jacksonville, no estado americano da Flórida. O trio foi parar em Nashville, a capital da música country. A adolescente Bridget Brown tinha economizado U$ 700 trabalhando como babá e queria gastar o dinheiro em uma viagem.

Ela perguntou ao amigo Bobby Nolan III, 13, aonde ele gostaria de ir. Eles decidiram por Nashville, e levaram junto o irmão de Bridget, de 11 anos. Os três chegaram ao balcão da companhia Southwest Airlines no aeroporto e compraram as passagens.
“Ele disse o preço, e o pagamos. Daí, ele colocou aquelas coisas de avião nas nossas bagagens e falou pra corrermos, senão perderíamos o voo”, disse Bridget ao “First Coast News”. No embarque, nenhum funcionário pediu identidade para os menores.
Os pais descobriram que os filhos estavam bem longe só na hora do jantar, quando Nolan ligou para casa. Os adultos conseguiram a volta dos três para a Flórida na mesma noite. A Southwest declarou que os funcionários da companhia seguiram os procedimentos padrões, e que nenhuma regra foi quebrada na viagem dos jovens desacompanhados.
Por: Pb. Gidel de Morais

 Nenhum comentário

Executiva empresta cartão de crédito a mendigo como esmola

Gidel de Morais

Divulgação
“Só em Nova York”, gostam de dizer os habitantes da “Big Apple”. Uma executiva do ramo da publicidade resolveu ajudar um morador de rua que lhe pediu um trocado. Como Merrie Harris, 45, não tinha dinheiro, ela lhe emprestou um cartão de crédito American Express Platinum, confiando que ele voltaria depois de comprar o que queria: uma água com vitamina e um maço de cigarros.

“Eu disse que não tinha dinheiro, só o cartão de crédito. Ele perguntou se podia pegá-lo emprestado, e eu consenti”, contou Merrie ao jornal “New York Post”. Todos que a viram dando o cartão ao mendigo acharam que ela tinha feito a coisa mais estúpida do mundo. A mulher, que é diretora da agência JWT em Nova York, foi comer no restaurante perto de onde encontrou o morador de rua e imaginou se ele gastaria milhares de dólares em um desvario consumista.
Dez minutos depois, o homem voltou e as pessoas que acompanharam tudo a chamaram para a rua. Ela ficou tão feliz com o mendigo que o abraçou, e disse que sabia que o homem voltaria para lhe devolver o cartão. “É claro, sou honesto”, afirmou o morador de rua, identificado como Jay Valentine.
Por: Pb. Gidel de Morais

 Nenhum comentário

Mulher esquece cocaína em envelope e o deposita em caixa de banco

Gidel de Morais

Divulgação
A americana Kendl Murphy, 43, tinha guardado uma trouxinha de cocaína dentro de um envelope de depósito de dinheiro. Ela acabou se esquecendo de onde havia deixado a droga e o usou para colocar dinheiro em sua conta em um caixa automático em Wethersfield, EUA.
Os funcionários que processam os depósitos encontraram a droga e chamaram a polícia. Kendl foi presa e enquadrada como usuária, mas logo depois foi solta sem fiança. Ela admitiu ter colocado a cocaína no envelope e, segundo os policiais, não apresentava sinais de estar drogada ao ser detida.
Por: Pb. Gidel de Morais

 Nenhum comentário

Polio: quase 7,2 milhões de crianças foram vacinadas

Gidel de Morais

Quase 7,2 milhões de crianças menores de 5 anos, de acordo com balanço parcial, foram vacinadas neste sábado (14), durante a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite, realizada em todo o País. A previsão é que o resultado final da campanha seja divulgado até o fim de agosto, segundo o Ministério da Saúde.
O resultado preliminar da segunda fase da Campanha mostra que, até as 17h30 deste sábado, as Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde haviam informado ao Ministério da Saúde 7.154.830 crianças vacinadas em todo o Brasil. Este número é parcial e sofrerá alterações, à medida que os Estados e municípios atualizem o banco de dados do Ministério da Saúde.
Pais ou responsáveis que não puderam levar as crianças para tomar a gotinha devem procurar os cerca de 115 mil postos de vacinação, montados nas unidades de saúde, pois a vacina continua disponível na rede pública.
Segundo o Ministério, a meta é imunizar 14,6 milhões de crianças, representando 95%, meta mínima exigida, dos menores de cinco anos. Para isso, foram distribuídas 24 milhões de doses da vacina. No total, somando as duas etapas, foram distribuídas 48 milhões de doses. A primeira fase da campanha, realizada em 12 de junho, imunizou 14 milhões de crianças.
Por: Pb. Gidel de Morais

 Nenhum comentário

Chico Anysio pode ter alta em 4 dias

Gidel de Morais

Divulgação/TV Globo
O quadro de saúde do humorista Chico Anysio, de 79 anos, permanece estável, segundo informações da assessoria do Hospital Samaritano, em Botafogo, na zona sul do Rio, onde está internado desde quarta-feira, 11, por conta de um quadro de hemorragia digestiva.
O artista se recupera de uma cirurgia no intestino, realizada na manhã de sábado para retirada de parte do intestino grosso. Segundo o hospital, ele estava no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) e foi transferido para uma Unidade Intermediária.
Chico está sendo monitorado por médicos e está acompanhado da família. Ele respira normalmente e deve receber alta em quatro dias, segundo o hospital. No ano passado, o humorista foi internado no mesmo hospital com pneumonia.
Por: Pb. Gidel de Morais

 Nenhum comentário

TSE recebe 80 mil pedidos de voto em trânsito

Gidel de Morais

Divulgação
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contabilizou o cadastramento de mais de 80 mil eleitores que optaram por votar em trânsito no primeiro turno das eleições presidenciais, dia 3 de outubro. Para a votação em outra cidade em um eventual segundo turno, que será realizado no dia 31 do mesmo mês, o TSE recebeu, até às 19 horas deste domingo, 76.485 registros. Hoje era o último dia para fazer a solicitação.
O período para o registro do voto em trânsito começou no dia 15 de julho em todos os cartórios eleitorais do País. Para se cadastrar, além de estar com suas obrigações eleitorais em dia, o eleitor teve de comparecer portando título de eleitor e documento de identificação com foto e informar à Justiça Eleitoral em qual capital estará no dia da votação.
A partir do dia 5 de setembro, o eleitor habilitado a votar em trânsito poderá consultar no portal do TSE (www.tse.jus.br) onde estará instalada a seção de voto em trânsito em que deverá votar.
TRE-SP
A cidade de São Paulo terá quase 25 mil eleitores votando em trânsito nas eleições deste ano, segundo balanço do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da capital. Somente neste domingo, 15, foram 7.028 pedidos
Serão 12.749 eleitores no primeiro turno e 12.101 no segundo turno, distribuídos em 44 seções eleitorais instaladas nos três locais de votação exclusivos para esse tipo de voto: Memorial da América Latina (ao lado do Metrô Barra Funda), estações Metrô Paraíso e Metrô República.
Justificativa
Caso o eleitor não possa comparecer no dia do pleito à seção especial para votar em trânsito, ele deverá justificar sua ausência em qualquer Mesa Receptora de Justificativas, inclusive no seu próprio domicílio eleitoral de origem, menos na capital onde indicou que pretendia votar.
Quem votar em trânsito para o cargo de presidente da República não precisará justificar a ausência de voto para os demais cargos em disputa nas Eleições 2010.
Para os eleitores que estarão fora do domicílio e que não se cadastraram para votar em trânsito, permanece a necessidade de justificar a ausência.
Por: Pb. Gidel de Morais

 Nenhum comentário

Após pesquisas, Serra nega mudança na campanha

Gidel de Morais

Divulgação/Site Oficial do candidato
O candidato à Presidência da República pelo PSDB, José Serra, disse que não pretende mudar os rumos de sua campanha após divulgação da pesquisa Datafolha, que aponta a candidata do PT, Dilma Rousseff, na liderança da disputa presidencial com oito pontos à frente do tucano e a três de ganhar o pleito no primeiro turno. "Não", respondeu de maneira lacônica o ex-governador de São Paulo quando questionado sobre possível mudança na campanha e se intensificaria a sua agenda em São Paulo. Serra visitou hoje a 21ª Bienal do Livro, realizada no Pavilhão de Exposição do Anhembi (SP).
Essa foi a única referência do candidato ao resultado da pesquisa Datafolha, divulgada ontem. Durante a conversa com jornalista entre os corredores da Bienal, Serra preferiu falar do seu projeto para o incentivo à leitura no País. "Eu tenho um programa que prevê a distribuição de três livros por alunos a partir da quarta série e para professores. Livro gratuito", comentou. A expectativa é de que o programa distribua, por ano, 100 milhões de livros para professores e alunos da rede pública do País, a um custo estimado entre R$ 450 milhões e R$ 500 milhões.
A intenção de Serra é replicar para o resto do País os programas já executados no Estado de São Paulo sobre a distribuição gratuita de livros, o Apoio ao Saber (alunos) e Leitura do Professor. As duas iniciativas foram adotadas durante o período em que Serra foi governador do Estado, cargo que se licenciou ao final de março deste ano para a disputa presidencial. "A primeira condição para a garotada ler o livro é ter o livro. A leitura incentiva muito a cultura, o raciocínio e ajuda a melhorar a educação no Brasil", afirmou o candidato tucano.
Durante a sua visita à Bienal do Livro, Serra buscou demonstrar o seu interesse pelos livros e pela cultura. Em meio aos abraços e as poses para fotos, o candidato percorreu o stand de várias editoras. Em uma dessas paradas, Serra comprou três livros do Drauzio Varella. "Eu não sou médico, apesar de ter sido ministro da Saúde. Então, eu sempre aprendo lendo o Drauzio", disse. O candidato também ganhou livros das pessoas que visitam a feira, entre eles o livro "Xadrez Internacional e Social-Democracia", do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.
Apesar de enfatizar o desejo de melhorar a educação no País, Serra foi alvo de protesto de uma professora de física de um colégio estadual na cidade de São Paulo. Aos berros, a professora Lúcia Vitória reclamava dos salários pagos pelo governo do Estado de São Paulo. "Tenho 40 anos de magistério, e meu salário é de R$ 1,5 mil", gritava para o candidato e para o ex-ministro da Educação e atual secretário estadual de Educação de São Paulo, Paulo Renato, também presente ao local. "A educação em São Paulo vai de mal a pior", afirmou a professora.
Metrô
Ao ser questionado pelos jornalistas sobre a viabilidade de cumprir sua meta de construir 400 quilômetros de metrô em grandes cidades do País ao custo total de R$ 45 bilhões, Serra rebateu: "Isso é uma bobagem, uma conversa e vocês não investigaram direito", disse o tucano ao jornalistas. Isso porque, nas contas do governo de São Paulo, para essa extensão seriam necessários investimentos de R$ 160 bilhões. Serra explicou logo depois, no entanto, que o custo do quilômetro de metrô é mais caro em São Paulo que no restante do Brasil em razão da escavação de túneis e da desapropriação de imóveis.
Por: Pb. Gidel de Morais

 Nenhum comentário

Brasileirão 2010

Gidel de Morais


Apático, Santos perde para o Vitória e vê líderes mais distantes

AE/ROMILDO DE JESUS
O bom futebol apresentado pelo Santos até o momento, parece, ter ficado no passado. Pelo menos foi o que pareceu na derrota diante do Vitória, por 4 a 2, neste domingo, no Barradão, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro.
Com o resultado, o Santos segue com 18 pontos, três atrás do Botafogo, o quarto colocado, mas já 14 atrás do líder Fluminense, embora ainda tenha um jogo a menos que o time carioca. Para o Vitória, o resultado valeu um refresco na briga para não cair, afinal, o time baiano agora tem 17 pontos, igual ao São Paulo, e três à frente do Atlético-PR, o 17.º colocado.
Na próxima rodada, o Santos encara o Atlético-MG, na Vila Belmiro, no domingo, às 16 horas. Na véspera, às 18h30, o Vitória visita o Cruzeiro, no Epaminondas Brito, em Ipatinga. Mas antes, o time de Dorival Júnior enfrenta o Avaí, na Ressacada, pela Copa Sul-Americana.
Avaí entra no G-4 e distancia o Corinthians da liderança
AE/GIULIANO GOMES
O Avaí confirmou a fama de carrasco dos grandes clubes paulistas neste sábado, na Ressacada. Após derrotar o São Paulo, golear o Palmeiras e abrir vantagem sobre o Santos na Copa Sul-americana, a equipe catarinense venceu também o Corinthians, por 3 a 2. E entrou no G-4 do Campeonato Brasileiro.
Com o resultado, o Avaí passou a somar 25 pontos e assumiu a terceira colocação na tabela. O Corinthians está em segundo, com 28, agora mais distante do líder Fluminense (que venceu o Internacional no Maracanã). O time de Adilson Batista só ganhou uma vez fora de casa na competição.
Neste final de semana, porém, o Corinthians correu muito em busca da vitória. Os dois gols de Bruno César, artilheiro do campeonato, não foram suficientes para evitar o tropeço. Na próxima rodada, domingo, a equipe voltará ao Pacaembu para fazer clássico com o São Paulo. O Avaí visitará o Botafogo no sábado.
São Paulo toma virada, mas empata no final ante Cruzeiro
VIPCOMM
Um jogo quente. Um resultado frio. A tarde deste domingo espantou o torcedor do estádio do Morumbi. E, sob uma temperatura muito baixa, o São Paulo, na estreia de Sérgio Baresi, acabou conquistando um empate suado contra Cruzeiro, sua vítima nas quartas de final da Copa Libertadores da América. Em confronto válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, o hexacampeão nacional tomou a virada e, nos instantes finais, conquistou a igualdade por 2 a 2, freando sua ascensão na competição.
Depois de um primeiro de domínio são-paulino, o técnico Cuca mudou a estrutura tática da Raposa para a segunda etapa. As alterações do técnico visitante surtiram o resultado esperado. Apostando no toque de bola e velocidade pelo lado esquerdo, o Cruzeiro conseguiu sair de um resultado adverso para uma excelente vitória fora de casa. Wellington Paulista e Thiago Ribeiro definiram o resultado para os visitantes - Casemiro e Ricardo Oliveira, nos acréscimos, marcaram para os mandantes.
Depois do suado empate, o São Paulo retorna a campo no próximo domingo para o clássico contra o Corinthians, que será disputado no estádio do Pacaembu, às 18h30 (de Brasília). Por outro lado, o Cruzeiro buscará reencontrar o caminho das vitórias na Série A do Brasileirão diante do Vitória, dentro de casa, na mesma data e horário.
Grêmio vence o Goiás e deixa a zona de rebaixamento
AE/LUCAS UEBEL
No terceiro jogo entre Grêmio e Goiás em apenas dez dias, o terceiro resultado diferente. Depois de empatar uma e perder outra para os goianos pela Copa Sul-americana, o Tricolor venceu a partida deste domingo por 2 a 0, no Estádio Olímpico, válida pelo Campeonato Brasileiro. Os dois gols foram do volante Willian Magrão.
Foi a primeira vitória do técnico Renato Gaúcho, que estreou no time gaúcho na última quinta-feira, na derrota para o próprio Goiás, pela Copa Sul-americana, por 2 a 0. O Grêmio não vencia há oito rodadas pelo Brasileirão. A última vitória havia sido no dia 3 de junho, quando o Tricolor fez 2 a 1 sobre o Atlético-MG, ainda antes da parada para a Copa do Mundo. Com esse resultado, a equipe deixou a zona de rebaixamento depois de cinco rodadas entre os quatro últimos: foi a 15 pontos, no 15º lugar.
O Goiás, por outro lado, segue sem vencer no campeonato desde que o Mundial da África do Sul terminou. Acumula o oitavo jogo seguido de jejum e afunda na penúltima posição, com apenas 13 pontos. Curiosamente, o lanterna é o seu conterrâneo, o Atlético-GO.
O técnico Renato Gaúcho, contratado pelo Tricolor há menos de uma semana, terá agora mais tempo para conhecer melhor seu time e tranquilidade para trabalhar o próximo jogo, contra o Ceará, em Fortaleza, no sábado. Já o Goiás tentará recuperação contra o Prudente, no Serra Dourada, no mesmo dia.
Vasco bate Prudente e vence a primeira fora de casa
AE
O Vasco tomou um susto, mas conseguiu sua primeira vitória fora de casa ao bater por 2 a 1 o Grêmio Prudente, neste domingo, em Presidente Prudente. Com o resultado, os cariocas chegaram a 20 pontos e subiram para a nona colocação do Campeonato Brasileiro. Já a equipe paulista segue com 15 pontos, perto da zona de rebaixamento.
Os cruzmaltinos foram melhores quase todo o tempo e abriram o placar logo aos nove minutos, com Éder Luís. Os comandados de PC Gusmão perderam muitos gols na etapa inicial e poderia ter definido a partida. No segundo tempo, viu o Grêmio Prudente empatar o jogo em um belo chute de João Vítor, aos 13 minutos.
Somente aos 35 minutos, em um pênalti, o volante Nílton marcou o gol da vitória do Vasco, que segue sem perder depois da volta do Campeonato Brasileiro.
Na próxima rodada, o Vasco terá pela frente o clássico contra o líder do campeonato, o Fluminense, no domingo, no Maracanã. Já o Grêmio Prudente, no sábado, vai até Goiânia encarar o Goiás.
Flu goleia reservas do Inter e dispara na liderança
Photocamera
No duelo entre o líder do Brasileirão e o quase campeão da Libertadores, o Fluminense aproveitou o fato de o Inter atuar com apenas dois titulares e aplicou uma goleada por 3 a 0. Os gols da vitória tricolor foram marcados por Mariano, Washington e Emerson. Quase 60 mil pessoas compareceram ao Maracanã, segundo maior público do Campeonato Brasileiro até agora.
Com esse resultado, o Fluminense, que apresentou o meia Deco à sua torcida minutos antes do jogo, dispara na liderança do Brasileirão, chegando a 32 pontos. O time gaúcho, que tem um jogo a menos, estacionou nos 20 pontos.
O próximo compromisso do Flu é domingo, contra o Vasco. Já o Inter enfrenta o Atlético-GO, no mesmo dia, e não terá Rafael Sobis, expulso. Quarta-feira, o Colorado decide a Libertadores contra o Chivas. Ambos os jogos serão no Estádio Beira-Rio.
Por: Pb. Gidel de Morais

 Nenhum comentário

Gostou do Icém Caraúbas? Participem nos seguindo!

CURTIR A PÁGINA DO ICÉM CARAÚBAS NO FACEBOOK